Protestos no Chile: o que está por trás da fúria em país “modelo” na América Latina

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil!

Modelo para muitos, o Chile virou cenário de manifestações violentas, com incêndios, saques, mortes, toque de recolher e Forças Armadas nas ruas pela primeira vez desde o fim do regime de Augusto Pinochet, em 1990. Os protestos começaram contra um aumento na tarifa do metrô, mas cresceram e refletem agora uma insatisfação mais de ampla de parte da população com o sistema de aposentadorias e políticas públicas para áreas como a saúde. O país tem um dos melhores resultados da América Latina tanto em desenvolvimento humano quanto em índices macroeconômicos, como crescimento do PIB. Mas boa parte da população sente que não se beneficiou desse “milagre chileno”. O país se destaca entre seus pares, mas fica atrás quando a comparação, em áreas como a desigualdade, envolve nações desenvolvidas. Entenda com a repórter da BBC News Brasil Laís Alegretti.

Keyword most popular